Comemorações do Dia Nacional do (a) Aposentado (a)

Notícias

Infelizmente não temos motivos para comemorar muito, assim como, os (as) pensionistas e também os trabalhadores ainda na ativa. Por isso, em todas as capitais do País inclusive no Rio de Janeiro (Posto do INSS da Av. Presidente Vargas), protestamos.

Protestamos por concurso público para o INSS, que não deve ser militarizado, por recomposição dos salários dos (as) pensionistas e aposentados (as), pelo respeito a nós e contra os ataques aos direitos dos trabalhadores da ativa.

Na missa, realizada na Basílica de Nossa Senhora de Aparecida, em comemoração ao Dia Nacional do Aposentado e, em comunhão com o lema da Campanha da Fraternidade de 2020: “Viu, sentiu compaixão e cuidou dele”, foi distribuída a “Carta de Aparecida 2020”.

Na ocasião, a COBAP – Confederação Brasileira de Aposentados e Pensionistas que engloba as Federações de Aposentados e Pensionistas de todo o país, reforça que as últimas decisões tomadas pelo governo têm nos colocado no sentido contrário ao da Fraternidade, da Promoção da Vida, da Redução de Desigualdades e da Construção de Uma Pátria mais Justa e Igualitária.

A previdência social é do povo e não pode portanto ser militarizada, precisamos de concurso público gerando novos empregos.

Ela é a maior distribuidora de renda do país e temos que continuar nossa luta para mantê-la, seus segurados são trabalhadores que já pagaram por ela e agora necessitam de acolhimento no capítulo final de suas vidas.

Estiveram presentes nos eventos pelo Sinpro-Rio/COPAP, a diretora da FAAPERJ, Leila Azevedo e as representantes do Conselho, Zuleide Sant’Anna e Deyse Coutinho.